quarta-feira, 4 de fevereiro de 2009

Ilha Grande - Dica de viagem

Ilha Grande

Ilha Grande, perto de Angra dos Reis, possui mais de 193 quilômetros quadrados de paisagens paradisíacas. Você vai se surpreender com as belezas escondidas e com os caminhos acidentados que levam a várias trilhas, piscinas naturais e vegetação exótica.
Um pouco da sua historia.

Dois anos após o Descobrimento do Brasil o navegador Gonçalo Coelho que já havia batizado o Rio de Janeiro, descobriu em 06 de Janeiro a Ilha Grande. A princípio eles pensavam que a Ilha fosse um continente e ao seu leste, a desembocadura de um grande rio.

Em 1803 o povoado obtém uma identidade jurídica: Freguesia de Santana da Ilha Grande de Fora. Tornou-se um famoso entreposto do tráfico ilegal de escravos até a abolição da escravatura em 1888. Somente depois de proclamada a República, em 1891, foram criados os dois primeiros distritos: Abraão e Sítio Forte, hoje Araçatiba.

No período de 1725 a 1764, com o avanço da cultura da cana-de-açúcar, começa a acontecer a colonização da Ilha Grande, num ciclo que se estenderá até a primeira metade do século XIX. O café, introduzido um pouco mais tarde, perdurou entre 1772 e 1890, chegando, inclusive, a ser exportado para a Europa. Com o término da escravidão, na segunda metade do século XIX, a cultura do café tornou-se inviavél e foi abandonada. A Ilha Grande entrou em um período de decadência. No mesmo período, ocorreu o fim da "Invencível Armada" Lusitana. Desse fato resultou a intensificação do contrabando do Pau-Brasil e muitos outros tipos de contrabando. No século XIX, D. Pedro II visitou a Ilha Grande. Ele ficou encantado pela sua beleza e tranqüilidade.Resolveu adquirir a Fazenda do Holandês (hoje, Vila do Abraão) e a de Dois Rios.
Em 1940 foi construído em Dois Rios o Instituto Penal Cândido Mendes, com capacidade para mil presos de alta periculosidade. À convivência dos presos políticos do regime militar com os presos comuns, dentro dos muros do presídio, é atribuida uma das origens do chamado "crime organizado", pontuando com acontecimentos marcantes, tais como, fugas de helicóptero e outros, com ampla cobertura da mídia nacional e internacional; a presença do presídio vem notorizar a Ilha Grande, por aspectos diametralmente opostos à sua beleza natural e importante significação histórica .

No ano de 1994, o Governo do Estado do Rio de Janeiro, através do Governador Leonel Brizola, faz a demolição da maior parte das dependências do presídio. Com a decadência da agricultura, inicia-se a regeneração de capoeiras nas áreas abandonadas e etapas superiores de sucessão vegetal.
Ultimamente, inicia-se o desenvolvimento do turismo e juntamente com este, vem aumentando a especulação imobiliária, visando a instalação de grandes complexos turísticos e condomínios fechados para veranistas, a Ilha Grande resiste.
Para quem quer paz e tranquilidade eu recomento esse lugar paradisioco da costa do estado do Rio de Janeiro, Atualmente o ibama tem atual com grande força para reservar essa bela natural do nosso pais.
Vale apena conferir.
Recomendo a pousada Recanto de Lourdes, situada na enseada do Sitio Forde, umas das areas mais bem preservadas da Ilha Grande.
Com uma equipe maravilhosa.
http://www.recantodelourdes.com.br/









Um comentário :

Adriana disse...

Eu já fui p Ilha Grande e recomendo muuitoooo esse lugar!!!
É lindo demais!!!!!
Beijoos

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails